A UPEC se propõe a ser uma voz firme e forte em defesa da ética na política e na vida nacional e em defesa da cidadania. Pretendemos levar a consciência de cidadania além dos limites do virtual, através de ações decisivas e responsáveis.


sexta-feira, 10 de agosto de 2007

O QUE É A UPEC?

O QUE É A UPEC?

A UPEC SOMOS NÓS


Temos observado, com grande tristeza, a deterioração de nossa política. Nossos representantes, em todos os níveis, com raras exceções, têm se mostrado corruptos, descarados e insensíveis quanto às necessidades do povo brasileiro.

De quem é a culpa? Nós, o povo, votamos e os colocamos lá. Então é o povo, talvez, que não sabe votar? Muitos vendem o seu voto por qualquer insignificância e se sentem espertos por isso. Alguém precisa contar para estas pessoas que não pode ser assim.

Com esta idéia, elaboramos uma “Cartilha de Cidadania” que visa a ensinar ao povão a importância do voto e a necessidade de escolher bem.

UPEC:


Embora exista há pouco tempo (30 de junho de 2007), a UPEC deixou de ser apenas uma comunidade no site de relacionamentos Orkut.

A UPEC é um ideal, uma luta, e uma mobilização. É um sonho e uma realização.É o desejo de construir um Brasil melhor e a ação para alcançar este objetivo.

Para chegar a isso a UPEC possui, por enquanto, quatro trunfos imbatíveis: Uma comunidade que arregimenta seus soldados, um blog, onde difunde suas idéias, um time competente e dedicado e uma cartilha que visa a socorrer o conceito de cidadania antes que morra de vez.

Agora, acabamos de criar a Associação Nacional em Defesa da Ética e da Cidadania (ANDEC).

A UPEC SOMOS NÓS! A ANDEC logo será o nosso modo de ajudar as comunidades mais carentes a encontrarem sua valorização pessoal e como cidadãos através de formação profissional e orientação para o trabalho. Não com esmola, mas com dignidade.

A UPEC ainda não possui uma sede física, um endereço. E o blog da UPEC, bem como a comunidade da UPEC no Orkut, são apenas meios de atuação.

A UPEC é uma união de pessoas, é UM GRUPO DE AMIGOS que voluntariamente agem na internet e no mundo real, em defesa da ética e da cidadania.

Os membros da UPEC atuam, portanto, por variados meios: sites, blogs, e-mails, cartas, cartilhas, e também pessoalmente, sempre que possível.

Que fique claro em nossas mentes que a UPEC possui uma comunidade no Orkut - mas não é uma comunidade no Orkut.

A UPEC não é um monte de dados de computador nos arquivos da empresa Google.

A UPEC SOMOS NÓS!

A UPEC não é o monte de textos, o monte de denúncias, nem o monte de opiniões que seus membros divulgam para defender a ética e a cidadania.

A UPEC SOMOS NÓS!

Ela será, algum dia, uma verdadeira organização não-governamental (NGO/ONG)? A resposta depende de você.

Somente havendo UNIÃO é que poderemos levar adiante a defesa da ética e da cidadania.

Naturalmente democrática que é, a UPEC não se fundamenta em manifesto único, mas em uma idéia central que, por questão de sensatez, é comum a todos. A UPEC manifesta-se a cada momento, em sua pluralidade, por meio de cada membro, diante de cada acontecimento.

A linha de pensamento da UPEC tem sido, desde sempre, a manutenção da democracia no Brasil, e, obviamente, na América Latina e no mundo.

Quem escreve, e como escreve, sobre essa linha de pensamento, pouco importará, pois sempre estaremos diante da mesma idéia, traduzida nas palavras pessoais de cada membro, que é igualmente valioso, em sua modéstia e simplicidade.

Daqui partiremos para a vitoria, empunhando a clava de amor febril pelo Brasil, tendo como escudo a verdade e a honradez.

A nossa força reside na grandeza de nossos princípios, na certeza de nossa luta, e na busca pela decência na política e na sociedade.

A UPEC elaborou uma CARTILHA DA CIDADANIA.

Em linguagem bem simples, visa a levar à juventude e ao povão idéias como direitos e deveres do cidadão, para quê votar, funções de cada cargo para que se vota, por quê e para quê pagar imposto, principais impostos que se pagam, e os hinos tão esquecidos de nossas escolas, etc. Coisas que as pessoas ignoram e que, mesmo assim, saem para votar, muitas vezes para ganhar uns trocados.

Estamos precisando de patrocínio para levar estas cartilhas ao povão e às escolas e centros sociais urbanos, entre outras coisas.

Precisamos também de voluntários para multiplicar esta idéia em todo o Brasil.

Se você se dispõe a nos ajudar nesta tarefa, procure-nos.

3 comentários:

Léo Vianna disse...

Gostei do seu blog e gostaria de fazer uma parceria, afinal de contas, todos nós lutamos pela democracia.

MOVIMENTO PELA POLITIZAÇÃO DOS JOVENS, por favor, divulgue: http://mpjovem.blogspot.com/

Nelson Azambuja disse...

Prezados amigos da UPEC:
Sou um honesto e bompagadordeimpostos cidadão brasileiro, absolutamente descontente pela corrupção devastadora que vem tomando conta do Brasil, em todos os níveis. A impunidade é total e os corruptos sabem disto. Gostei dos princípios que norteiam as atividades da UPEC e há muito tempo venho tentando encontrar uma forma prática de poder ser mais útil às causas que podem, de fato, engrandecer o Brasil e torná-lo de novo digno do orgulho dos brasileiros honestos.
Gostaria muito de participar, de forma efetiva, das realizações da UPEC.
Parabéns pelas atitudes e coragem.
Atenciosamente, Nelson Azambuja.

Anônimo disse...

A urna eletrônica é uma fraude como afirmou o Deputado Fernando Chiarelli nos vídeos do you tube. Jorge Kajuru no programa Raul Gil detona os institutos de pesquisas e mostra claramente que a aprovação do governo Lulla era uma fraude, tambem o vídeo está no you tube. A vaia que o Lulla recebeu no Maracanã provam que os institutos de opinião pública estavam fraudando a opinião pública. Dilma Roussef era uma candidata mais rejeitada do que o Serra. Só podemos supor que a reeleição de Lulla e a eleição de Dilma foram fraudadas e tudo com a aquiescência da justiça eleitoral. Desde modo o único modo de tirar está quadrilha de ladrôes do poder é com o movimento de ruas mostrando a todo o país que o povo não os quer no poder. Mas desta vez o movimento tem de ser contra os tres poderes que estão podres. Não há mais como sustentar os tres poderes que estão em acordos para roubar o país e o povo brasileiro. O STF afrontou o país por repetir a frase do Lulla ladrão: "Uma questão de soberania". Feriram a lei e eles mesmos se colocaram na ilegalidade. A alta corrupção coloca o governo na ilegalidade. Portanto qualquer retirada do poder do atual governo pelo povo será democrático. Os governos do PT tem sido notórios em financiar o MST que pratica atos criminosos. Sendo assim o governo é criminoso seja por cumplicidade ou omissão, o governo continua financiando e não fiscalizando o uso do dinheiro público. Outra e o financiamento da UNE por parte do governo através da Petrobrás. Dinheiro público comprando movimento de massas (a UNE faz passeatas) para apoiar o governo, isto é compra de pessoas. Em qualquer país realmente democrático isto daria impeachment, se issso não acontece aqui é porque estamos vivendo numa ditadura disfarçada em democracia e o povo tem o direito e o dever de derrubá-la.
robrebsil@ig.com.br